terça-feira, 23 de julho de 2013

Tamara


Carlos sempre foi muito popular no colégio onde estudava.Tinha sempre à sua volta garotas.Todas queriam algo com ele,desde uma conversa até uma noite de prazer,mas Carlos só tinha olhos para uma garota.
Todos comentavam à respeito do acampamento que dentro de poucas horas não seria mais novidade e sim uma realidade.
Tamara contava os segundos.Iria aprender e se divertir junto com o pessoal do colégio.Há anos que esse projeto estava para ser realizado,mas sempre acontecia algum imprevisto.
Os ônibus já estavam estacionados na rua em frente ao colégio e a diretora posicionada com a lista de chamada.Em sua lista as duplas já estavam formadas.Casal por casal foi sendo chamado.
— Carlos e Tamara — Chamou a diretora
Carlos olhou para ela e sorriu.Um sorriso doce e meigo que deixou Tamara com borboletas no estômago.Assim que se sentaram,continuaram sérios e em seus mundos particulares.
O caminho até o parque em que iriam acampar infelizmente era longo.Provavelmente chegariam lá à tarde,mas para que pressa quando se tem o tempo todo do mundo.
— Tudo bem? — Perguntou Carlos quebrando o silêncio
— Eu acho que...sim — Respondeu Tamara estranhamente
Tamara sentiu um arrepio na espinha,quando ouviu a risada gutural de Carlos.Aquilo não era normal.Carlos sentado ao lado de Tamara não era normal.Nada era normal.
— Ansiosa? — A voz dele estava lhe causando muitas sensações que nunca foram despertas.
Ela balançou a cabeça para eliminar todos aqueles pensamentos.
— Um pouco...
Carlos estava começando a ficar irritado consigo mesmo.Qual seria a melhor tática para lidar com Tamara?Ela era uma garota normal.Uma garota muito diferente das que Carlos conversava diariamente.
Tamara sempre foi esperta e muito inteligente,mas misteriosa.Lidava bem com alguns alunos,mas Carlos era o único que a deixava asem jeito e perdida no tempo.
Ao chegarem no parque os alunos foram logo escolher o melhor local para montar as barracas.Não demorou muito para que estivesse tudo organizado.Alguns saram em busaca de lenha,outros preparavam os petiscos e bebidas.A fogueira logo começou a dar seus primeiros sinais de vida.
Todos se reuniram ao redor da fogueira.Alguém estava com o violão e disse:
— Carlos,você canta para nós?
Ele assentiu e a melodia tomou conta de todos.Principalmente dos casais.A música era "I Won't Give Up" do Jason Mraz.Tamara amava essa música Seria um sonho ou realidade?Não dava apara acreditar no quão foi bom ouvir aquela melodia.
Carlos começou a cantar.Cantava expressando todos os seus sentimentos.Foi mais fácil para ele,pois a garota por quem seu coração batia,lhe ajudava dando força e apoio.Ele foi em direção à Tamara,tocou sua mão levantando-a.O coração da garota começou a disparar.Tudo começou a girar numa velocidade sem igual,de repente tudo se tornou mais vermelho como fogo que se alastra rapidamente.Carlos sorriu e a levou para uma área mais calma,onde os doiS pudessem conversar.
— O que está acontecendo ? — Perguntou Tamara preocupada
— Não fique assustada...confie em mim
Carlos andou um pouco mais à frente de Tamara .Virou-se sorrindo,segurando uma rosa vermelha.
— Para as plantas viverem elas precisam da água,da terra e do calor.Para lhe ser sincero,eu apenas preciso do seu amor.Quero você para as minhas alegrias compartilhar,para me fazer sorrir quando eu estiver triste.Eu preciso que você seja o meu porto seguro...e é com muito amor no coração que eu lhe pergunto "Quer ser a minha namorada"?
Tamara sorriu.Não tinha suas palavras prontas para responder.Não imaginava que esse dia havia chegado.
— Sim!
Carlos a beijou deixando que o clima entre eles se intensificasse.O mais puro e verdadeiro amor nascia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário