quarta-feira, 21 de maio de 2014

Alone

Por essa estrada vazia eu caminho.Vago sem rumo,sem esperanças e sem sonhos.O mundo tirou de mim o que era mais importante na minha vida.Sou um andarilho,cujo nome não me lembro,não sei de onde venho e nem para onde vou,deixo que um Ser maior me guie.As ruas estão molhadas pelas chuvas intensas que não cessava,agora um vento gelado bate em minhas costas e me deixa com frio.Estou sozinho neste mundo gigante.Não lembro dos meus filhos,se é que tenho algum,muito menos se um dia eu amei e fui amado,sozinho neste mundo gelado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário