quinta-feira, 12 de junho de 2014

Café da Manhã em Paris


Ela não precisava de muito para ser feliz.Gostava de tudo o que era simples e agradável.Talvez tenha sido isso o que fez com que eu me apaixonasse por ela.Sempre me encantei pelo seu sorriso doce e suave,por suas palavras que permitiam que todos sonhassem.Sim,ela sempre foi a mulher da minha vida.Por mais que o tempo passe sempre cuidarei dela como se tivéssemos dezoito anos.Namorei,me noivei,casei,tive uma família e hoje aos oitenta anos aproveitamos o máximo da vida.
Demorei a realizar o seu sonho,mas hoje estamos aqui,na cidade luz,com essa vista maravilhosa,tomando o nosso café!


Nunca é tarde para se viver!

segunda-feira, 2 de junho de 2014


Oh doce sonho que foi tirado de mim.Não és mais real.Tudo fica trancado neste meu imenso coração.Seria mais fácil se eu não existisse,assim esse  sofrimento não me acompanharia.