quinta-feira, 12 de junho de 2014

Café da Manhã em Paris


Ela não precisava de muito para ser feliz.Gostava de tudo o que era simples e agradável.Talvez tenha sido isso o que fez com que eu me apaixonasse por ela.Sempre me encantei pelo seu sorriso doce e suave,por suas palavras que permitiam que todos sonhassem.Sim,ela sempre foi a mulher da minha vida.Por mais que o tempo passe sempre cuidarei dela como se tivéssemos dezoito anos.Namorei,me noivei,casei,tive uma família e hoje aos oitenta anos aproveitamos o máximo da vida.
Demorei a realizar o seu sonho,mas hoje estamos aqui,na cidade luz,com essa vista maravilhosa,tomando o nosso café!


Nunca é tarde para se viver!

Nenhum comentário:

Postar um comentário