terça-feira, 28 de março de 2017




Eu não sei o que esta acontecendo com nós, com você, eu sinto como se estivessemos nos perdendo a cada dia mais, como se eu estivesse te perdendo. Eu não sei o que aconteceu de uma ou duas semanas atras, eu não sei o que mudou, o que mudou em você, porque você mudou, mudou em detalhes, em pequenas coisas que talvez possam não ser nada, não parecer nada, mas pra mim tem sido detalhes que acabam fazendo uma enorme diferença. Sabe eu sinto falto do cara bobo e apaixonado que me conquistou, sinto falta das palavras doces, das declarações, até mesmo das brincadeiras idiotas que costumavam a me deixar irritada e brava, eu estou sentindo falta de você, na verdade, de quem você costumava ser, falta da sua preocupação as vezes exagerada, mas fofa, do ciúmes totalmente possessivo e lindo, dos planos, dos nossos planos que você fazia, das vezes em que me arrancava sorrisos, e eram muitas…Como as coisas podem mudar e se transformar tanto em questão de tão pouco tempo? Semanas, na verdade. E então de repente você se fechou, se trancou dentro de você, talvez até mesmo sem querer, talvez nem se quer perceba essa mudança, mas ela é tão visível para mim, anda numa frieza constante, distante, não falo apenas de distancia física, mas é como se você estivesse me afastando, se afastando, emocionalmente também, agora se tornou difícil te ouvir dizer que você me ama, você não tem dito isso muito, e quando diz, quando então tentar ser fofo de novo, tentar ser o cara compreensivo, atencioso, como eu sinto falta da sua atenção, acho que essa talvez seja uma das partes onde meu coração esteja mais vazio agora, falta de você me dando toda atenção, carinho, me fazendo rir, me deixando boba, me arrancando sorrisos, eu sei que você tem tentado, tem se esforçado, mas é que as vezes parece que você esta tendo que fazer um esforço tão enorme para voltar que parece mais um sacrifício do que algo natural, real. Não quero que me dê atenção, ouvir coisas fofinhas, que diga aquelas suas coisas lindas que você costumava dizer, até mesmo vários “te amos”, por algum tipo de obrigação, eu quero ouvir, quero que seja quem você é, porque é seu, é você, não porque sou uma idiota carente que esta sentindo a sua falta enquanto você esta totalmente fechado para…mim. Eu tenho evitado ouvir sua voz, sabe por que? Porque eu estou com medo, estou com medo de nos falarmos e então eu sentir na sua voz, no seu jeito essa frieza, essa distância, esse seu fechamento e sua quietura estranha, medo de todas minhas teorias e paranoias que estou tendo agora acabem se tornando mais reais do que eu gostaria que fosse, medo de que briguemos e nos machuquemos, porque eu provavelmente irei falar que você esta estranho e você irá devolver que não esta ou que esta cansado, com sono ou com algum tipo de dor, mas na minha cabeça sera como um “Ele não te ama mais, esta se cansando, se cansou de você sua idiota.” Sabia que nesses últimos dias a hipótese de você tem conhecido um outro alguém ai e que esteja se apaixonando e me esquecendo, tenha começado a perceber que não é isso que você quer, que não sou eu a sua escola, que se cansou de mim, se encheu, sabia que essas ideias tem rondado a minha cabeça constantemente, que você provavelmente deve ter se fechado porque já não me vê, já não me ama mais como antes. E isso tem me machucado, tem me feito ficar com um aperto enorme no peito, uma angustia tão enorme que não se contem no peito, que acaba sendo colocada pra fora em lágrimas desesperadas, você sabe o que é sentir que esta perdendo a pessoa que você ama e que não pode fazer nada contra isso porque acha e sente que o sentimento dessa pessoa por você diminuiu ou acabou pelo simples fato dessa pessoa que mesmo sem querer, sem perceber, tenha mudado tanto em relação a você já não se pode fazer nada a não ser chorar e sentir uma dor, um medo desesperador? Eu sei, porque eu estou sentindo isso nesses últimos dias. Medo de falar com você e de repente não ter nenhum tipo de assunto, medo do silêncio que pode se formar entre nós. Medo de perder, já ter perdido o nosso “nós”, ter perdido seu amor, ter perdido você, é tão desesperador, rasga o peito, as lágrimas doem, o coração é como se alguém estivesse espremendo ele e fazendo um suco de tão apertado, esta doendo, doendo ver você cada vez mais fechado, frio e distante. Sei que tem se esforçado e tentado, mas então de repente o medo consome, parece não ser o suficiente, não ser natural porque quer, mas porque esta sendo forçado ou algo do tipo. Eu sei que nunca fui do tipo muito carinhosa ou que falasse muito “eu te amo”, mas o sentimento que sinto, o amor, só eu sei o quão imenso ele é aqui dentro, só eu sei a dor, desespero, angustia, lágrimas que tenho sentimento, já sentiu medo? É como se se formasse um abismo entre nós e eu estou caindo nesses abismo, gritando sem a voz sair da garganta, sem que ninguém possa me ouvir ou notar, é como se eu estivesse perdendo meu mundo. Como se estivesse fechado para mim, nos perdendo, me perdendo, te perdendo, morrendo por dentro. Me falta um pedaço seu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário